O SEGREDO DOS LEITORES CAMPEÕES

sábado, 4 de junho de 2016

Clube de assinaturas lançado no Brasil faz grande sucesso com nutracêuticos

O Clube de assinaturas EvoluçãoxLife que trabalha com Nutracêuticos esta fazendo grande sucesso no Brasil.
São Produtos voltados ao emagrecimento e bem estar, com valores competitivos. Eles apostam em um mercado emergente brasileiro.
www.evolucaoxworld.com

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Clube de Assinaturas Nutracêuticos

Esta semana foi lançado no Brasil o 1º Clube de Assinaturas de Produtos Nutracêuticos. Um mercado que cresce a cada ano no Brasil e no Mundo.
A industria do bem estar movimenta bilhões de dólares todos os anos, e um dos mercados que mais crescem e um detalhe, estão longe de crise.
Segundo o Fundador do Grupo Evoluçãox eles esperam 10 mil assinantes somente para 2016.

www.evolucaoxworld.com

terça-feira, 31 de maio de 2016

"BOMBA" A PF indiciou o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco,

A PF indiciou o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, e dois executivos do banco no inquérito da Operação Zelotes que investiga compra de decisões no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais). As investigações mostraram que o grupo investigado por corromper integrantes do Carf conversou com executivos do banco a respeito de um “contrato” para anular um débito de R$ 3 bi com a Receita Federal.
A PF já havia apontado em relatório que Trabuco e os outros dois executivos da instituição financeira se encontraram com emissários da organização criminosa para discutir como seria a atuação no órgão. A PF também indiciou o auditor da Receita Federal Eduardo Cerqueira Leite, que teria articulado a reunião entre os integrantes do esquema e o comando do banco. No total, foram pedidos dez indiciamentos.
A conclusão do inquérito relativo ao Bradesco já foi encaminhado pela PF ao Ministério Público Federal, que pode ou não apresentar denúncia à Justiça Federal.
Os indiciamentos são pelos crimes de tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro.
Coluna do Estadão não conseguiu confirmar quais desses crimes são imputados a Trabuco. O Ministério Público confirmou que recebeu da PF os indiciamentos.
Procurado, o Bradesco disse que irá se manifestar ainda hoje sobre a conclusão do inquérito.